23/01/2018 08:00

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado, Arnaldo Jardim, ao lado do coordenador da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), João Brunelli Júnior, e de autoridades municipais, entregou no último dia 19 um packing house com máquinas e equipamentos para a Cooperativa Mista de Agricultores, Apicultores, Pecuaristas e Pescadores de Porto Feliz e Região (Comapre) e um caminhão com baú isotérmico para a Cooperativa de Produção e Prestação de Serviços dos Assentados e Pequenos Agricultores de Porto Feliz e Região (Coopap). Os recursos, que somam R$ 889.741,87, são oriundos do Projeto Microbacias II – Acesso ao Mercado, que é executado pela CATI.

       

Localizado às margens da Rodovia Castello Branco, uma das mais importantes rodovias do Estado de São Paulo, o galpão da Comapre é um sonho antigo dos produtores cooperados e que virou realidade graças ao Projeto Microbacias II – Acesso ao Mercado, que apoiou R$ 402.319,31, sendo que a contrapartida por parte de Comapre foi de R$ 172.422,56. Para Arnaldo Jardim, o investimento fortalece o princípio do cooperativismo. “Com a aquisição do packing house para processamento mínimo de olerícolas e frutas, os produtores conseguem aumentar a renda e criam a condição de emancipação, o que permite a inserção em novos mercados”, disse. O packing house foi entregue com balança eletrônica, caixas plásticas, câmara fria, poço artesiano, seladora a vácuo, entre outros itens.

       

Na opinião do coordenador da CATI, a localização do packing house da Comapre contribui na logística de transporte dos produtos dos cooperados. “Estar próximo de uma rodovia é um bônus que deve ser aproveitado pelos produtores. Como o barracão antigo fica próximo do novo packing house, os produtores rurais deverão utilizar a antiga sede como uma central de distribuição e dividirão o espaço com a Coopap, que foi beneficiada com a aquisição de um caminhão com baú isotérmico”, explicou. A Coopap foi comtemplada na sexta Chamada Pública do Projeto Microbacias II e o valor total da Proposta de Negócio foi de R$ 315.000,00, sendo que R$ 229.500,00 foram apoiados pelo Microbacias e o restante pago pela organização rural como contrapartida.

Germiro Nunes Gomes, presidente da Coopap, afirmou que a parceria com a CATI Regional Sorocaba foi de extrema importância na aquisição do caminhão. “Sem o caminhão, precisávamos pagar o frete para transportar nosso produto. Atualmente, com a chega do veículo, eliminamos o custo do frete e, com isso, a cooperativa e os agricultores ganham mais dinheiro”, disse.

       

De acordo com diretor da CATI Regional Sorocaba, engenheiro agrônomo Mauro Castellani, a produção agrícola do município é diversificada. “São produzidas uvas, hortaliças, mandioca de mesa, entre outros produtos. Com a aquisição do galpão, a Comapre está pronta para acessar o mercado”, disse Castellani. O diretor da CATI Regional Sorocaba ressalta que cerca de 100 famílias de assentados trabalham como agricultores familiares em Porto Feliz.

O vice-presidente da Comapre, Claudinei Natal Bernardino, enfatiza que a entrega do packing house é a realização de um sonho. “Vivemos uma realidade muito difícil em relação ao acesso aos mercados e esse galpão abre novas portas, melhorando a qualidade dos nossos produtos e também a oportunidade de entregar diretamente para os supermercados, quitandas ou varejões”, afirmou Bernardino, enfatizando que a Cooperativa se profissionaliza com a ajuda fornecida pelo Projeto Microbacias II – Acesso ao Mercado.

Para Marco Silva, diretor adjunto de políticas e desenvolvimento da Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp), a parceria com a CATI garante aos assentados melhores condições de vida. “Atualmente, há 45 projetos voltados aos assentamentos no Estado, com investimento de R$ 20 milhões”, afirmou.

Estradas rurais

Além da entrega do packing house e do caminhão para as organizações rurais de Porto Feliz, o secretário Arnaldo Jardim anunciou o repasse de R$ 400 mil para a recuperação e manutenção de estradas rurais, ação que foi vista com bons olhos pelo prefeito da cidade. “Esse repasse ajudará a Prefeitura Municipal a manter as estradas em melhores condições para garantir o escoamento da produção e, consequentemente, uma condição de vida melhor para o agricultor”, comemorou Cássio Prado, prefeito de Porto Feliz.

Vinícius Agostini - Jornalista - Centro de Comunicação Rural (Cecor/CATI)

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859
jornalismo@cati.sp.gov.br

Voltar


© Copyright 2018 - CATI - Coordenadoria de Assistência Técnica Integral. Todos os direitos reservados.