02/04/2018 10:00

Um galpão equipado com máquinas para higienização, fatiamento e embalagem de olerícolas e câmaras-frias para armazenamento irá facilitar a vida de 27 famílias de produtores rurais da Associação dos Produtores de São João da Boa Vista e Região (Aprosã), que querem valorizar o seu trabalho. O secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, visitou, no dia 27 de março, as instalações, que foram adquiridas por meio do Projeto Microbacias II.

Além da construção do espaço, a entidade recebeu uma balança, 200 caixas plásticas agrícolas para transporte, centrífuga, cortador de folhas e hortaliças, descascador, equipamento de refrigeração para transporte, lavador hidrodinâmico multifuncional, móveis, seladora a vácuo, tanque sanitizante, entre outros itens. Graças a uma parceria com o município, o local foi equipado com câmaras-frias para resfriamento e congelamento dos produtos.

No total, foram investidos R$ 1.007.743,00, com um apoio de R$ 705.420,10 do governo paulista e do Banco Mundial e a contrapartida de R$ 302.332,90 pela Associação.
“Se apostarmos na agricultura, o crescimento do País será retomado de forma rápida e com raízes mais consistentes. E vocês, produtores rurais, são a prova de que dará certo, pois perseveraram e atuaram com união e agora têm um patrimônio desse tamanho”, disse Arnaldo Jardim.

O presidente da Aprosã, Miguel Bruno, afirmou que o espaço contribuirá para ampliar a inclusão da agricultura familiar no fornecimento de merenda escolar da região. “Já fornecemos alimentos na merenda de São João da Boa Vista, Serra Negra e Mogi Mirim. Isso agregará muito valor ao produto, que agora poderá ser comercializado sem atravessadores”, disse.

Para o prefeito Vanderlei Borges de Carvalho, que acompanhou todo o processo de implantação do projeto, desde a assinatura do convênio no Palácio dos Bandeirantes, “após dois anos de lutas, foi concretizada uma grande parceria em prol da agricultura de toda a região”.

O coordenador da CATI, João Brunelli Júnior, lembrou que o processo todo foi uma importante lição de gestão dos negócios. “Para receber o reembolso pelos equipamentos, vocês precisaram, o tempo todo, manter as finanças da entidade em ordem. E graças à parceria com o município, puderam ver que essa união de esforços realmente traz resultados. Não só vocês ganham, mas também o município e a agricultura familiar”, disse.

O secretário anunciou ainda o repasse de R$ 400 mil para a readequação de estradas rurais do município, obtidos graças a um dispositivo do Microbacias II que beneficia os municípios onde há associações e cooperativas incluídas no Projeto.

Paloma Minke - Jornalista (SAA)

Mais informações: (19) 3743-3870 ou 3743-3859
jornalismo@cati.sp.gov.br

Voltar


© Copyright 2018 - CATI - Coordenadoria de Assistência Técnica Integral. Todos os direitos reservados.