São beneficiários diretos do Projeto, as associações e cooperativas de produtores rurais e comunidades tradicionais de povos indígenas e quilombolas envolvidos em atividades tipicamente rurais agrícolas e não agrícolas.

As organizações devem ser regularizadas há pelo menos um ano, compostas por, no mínimo, 15 membros, dos quais mais de 50% sejam agricultores familiares.

O Projeto tem como meta beneficiar diretamente 22 mil famílias de agricultores familiares integrantes de 300 organizações de produtores rurais e grupos tradicionais de indígenas e quilombolas.

Voltar


© Copyright 2017 - CATI - Coordenadoria de Assistência Técnica Integral. Todos os direitos reservados.