Agrifutura, evento que promove a tecnologia no agronegócio, é lançado em São Paulo

No último dia 24, na sede da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA), na capital paulista, foi lançado o Agrifutura - inovação no agronegócio -, um evento destinado a incentivar e promover a tecnologia no agronegócio.

Programado para ser realizado nos dias 3 e 4 março de 2018, das 8h30 às 19h, em São Paulo, na sede do Instituto Biológico, órgão da pasta, o Agrifututa é uma realização da SAA, da Agência Paulista de Tecnologias dos Agronegócios (Apta) e da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (Fundepag), com apoio de todos os institutos e coordenadorias da Agricultura e diversos parceiros. Voltado a produtores rurais, técnicos agrícolas, empresários do ramo, universitários e demais interessados, o evento contará, inicialmente, com 20 palestras; 24 start-ups; 14 exposições de inovação e 14 ações inovadoras e de pesquisa.

“No Agrifutura, diferentes elos da sociedade poderão interagir para apresentar e propor soluções inovadoras ao homem do campo. O objetivo é oferecer opções acessíveis, que promovam resultados significativos nas propriedades rurais e que façam com que o produtor rural seja mais assertivo, com a ajuda da tecnologia, para administrar sua propriedade”, avaliou o secretário de Agricultura, Arnaldo Jardim.

Para João Brunelli Júnior, coordenador da CATI, para competir com qualidade, o produtor precisa ser eficiente e isso passa pela inovação tecnológica. “Cabe, também, à extensão rural levar aplicativos e sistemas que colaborem para a gestão das propriedades e dos negócios dos agricultores. O desafio está em desenvolver essas tecnologias para os pequenos produtores", avalia Brunelli.

De acordo com Carlos Henrique Paes de Barros, integrante da SAA e organizador do Agrifutura, a atividade está deixando de ser apenas um evento, para se tornar um movimento em prol da inovação e da tecnologia nos campos paulistas. Segundo ele, uma das grandes novidades a serem apresentadas e que irão promover uma grande integração entre produtores, empresários e cidadãos são os “hackatons”, ação que reúne profissionais ligados ao desenvolvimento de softwares para uma maratona de programação, cujo objetivo é a criação de um software que atenda a um fim específico. “Serão apresentados desafios reais dos produtores paulistas, para que grupos de pessoas inscritas desenvolvam uma tecnologia que solucione esses problemas”, explica Carlos Henrique, o qual adianta que as melhores soluções serão premiadas.

Mais informações podem ser acessadas no site do evento www.agrifutura.com.br