Produção Vegetal


Cajú

Nome Científico: Anacardium occidentale L.

Nomes Comuns: CAJU

Família: Anacardiaceae

Origem: Brasil.

Ocorrência: Em toda América tropical.

Descrições

Planta: Árvore de caule geralmente tortuoso com 5 a 10m de altura, de copa arredondada com 14 a 16m de diâmetro, podendo atingir até 20m de altura em solo com alta fertilidade; copa arredondada, de folhas onduladas, glabras, de cor rósea quando jovens.

Flores: Amarelo-rosadas, hermafroditas e masculinas, pálidas, pequenas, suavemente perfumadas, dispostas em panículas terminais.

Fruto e sementes: Aquênio constituído por uma castanha que abriga uma semente; a castanha está fixada ao pedúnculo reniforme, também chamado pseudocaule; apresenta-se nas cores amarela, vermelha ou róseo-amarelada.

Colheita: Julho a janeiro.

Dados gerais

Espaçamento para cultivo: 8 x 8 metros.

Adapta-se ao clima tropical seco; é suscetível a algumas doenças fúngicas quando submetida à umidade relativa alta.

O fruto é consumido como castanha industrializada; o pedúnculo é utilizado ao natural e nas produções de suco, vinho, vinagre, compota, fruta cristalizada ou passa.

Pedúnculo desenvol

A madeira, branca e leve, é pouco resistente às intempéries; serve para confecção de tábuas de forro, caixaria, cabos de ferramentas e papel.

Planta ornamental, que pode ser utilizada em longradouros públicos, inclusive em calçadas, sob a rede elétrica.

Pode apresentar florescimento durante o ano inteiro.