Produção Vegetal


Jenipapo

Nome Científico: Genipa americana L.

Nomes Comuns: JENIPAPO.

Família: Rubiaceae.

Origem: América do Sul (Norte).

Ocorrência: Entre a Ilha de Marajó e o Estado de São Paulo.

Descrições

Planta: Árvore com 5 a 15m de altura, tronco geralmente reto, casca pouco espessa, lisa de cor verde-acizentada, ramificação verticilada, abundante, ramos inferiores geralmente horizontais. Folhas simples, opostas, decussadas, adensadas nas extremidades dos ramos, limbo cartáceo, obovado ou oblongo-obovado, com 10 a 35cm de comprimento, base cuneada, face superior verde-escura e brilhosa.

Flores: Brancas ou amarelas, de 20 a 45mm de comprimento, dispostas em inflorescências subcimosas, terminais ou subterminais.

Fruto e sementes: Baga ovóide ou subglobosa, com 10 a 12cm de comprimento e 7 a 9cm de largura, peso entre 200 e 400g, conserva no ápice restos do tubo do cálice pericarpo de cor amarelo-pardacenta ou castanho-ferrugínea, com 1,5cm de espessura, envolvendonumerosas sementes achatadas.

Colheita: Setembro ou março na região Norte, novembro a dezembro na região Centro-Sul.

Dados gerais

Espaçamento para cultivo: 5x7 a 6x8 metros.

Planta de climas tropical e subtropical, ocorre em condições de margens de rio ou áreas sujeitas a inundações periódicas.

O fruto, apreciado pela avifauna, contém polpa aromática sucosa, agridoce e vinosa, que serve para suco, doce, licor e xarope; o fruto verde fornece um suco amarelado que vai alterando para o azul claro.

As sementes são usadas pelos índios em suas pinturas e tingimento de tecido.

Madeira de pequeno alburno branca-marfim e cerne de cor variável, fácil de ser trabalhada.

As flores são suavemente aromáticas.