Recursos Naturais


Plano Diretor de Controle de Erosão Rural da Sub. Bacia dos Córregos: Afonso XIII, São Martinho, Dom Quixote e etc.


A região da Nova Alta Paulista foi uma das últimas a ser ocupada no noroeste do Estado de São Paulo. Nos últimos 80 anos surgiram inúmeras cidades, sobretudo pautadas na expansão da ferrovia que empresta seu nome à região e que estava fortemente ligada à expansão cultura cafeeira, ao algodão e ao amendoim.

Com a crise destas monoculturas, seja pelo esgotamento dos solos, ou em razão de aspectos mercadológicos e/ ou econômicos, esta região entrou em profunda crise. Considerada como uma das regiões mais prósperas do país nos anos de 1950, passou, recentemente, a uma das regiões mais carentes do estado.

Dentro deste contexto, o município de Tupã, em função da dependência urbana das atividades rurais em declínio, encontra-se numa condição de encolhimento populacional e econômico. Diante deste cenário, o conhecimento integrado das dinâmicas naturais e sociais pode contribuir para a elaboração, em conjunto com profissionais de várias áreas, de projetos de prevenção e de contenção dos processos erosivos, propondo medidas para a sua recuperação.

Desta forma propõe-se a realização do presente estudo, alinhado às diretrizes propostas pela lei 6.171, de 4 de julho de1988, alterada pela Lei 8.421 de 23/11/1993, que dispõe sobre o uso, conservação e preservação do solo agrícola e dá outras providências.

Plano Diretor de Controle de Erosão Rural da Sub. Bacia dos Córregos: Afonso XIII, São Martinho, Dom Quixote e etc.