Produção Vegetal


Romã

Nome Científico: Punica granatum L.

Nomes Comuns: Romã.

Família: Punicaceae.

Origem: Pérsia

Ocorrência: Depende de cultivo, dispersa pelo Brasil.

Descrições

Planta: Arbusto ereto, muito ramoso, com 2 a 5m de altura; as folhas são verde-escuras, opostas, oblongo-lanceoladas, com um pecíolo pequeno e ovóide.

Flores: Vermelho-alaranjadas, hermafroditas, masculinas ou intermediárias, isoladas ou formando grupos de 2 ou 3 unidades.

Fruto e sementes: Baga do tipo balaústa, amarelo-avermelhada, às vezes amarelo-alaranjada ou vermelho-clara, esférica, apresentando muitas sementes por loja, angulosas, de cor rosa ou carmim.

Dados gerais

Espaçamento para cultivo: 2,5 x 7 metros.

Planta ornamental, utilizada em parques e jardins, exige clima tropical ou subtropical, contudo para a produção de frutos, necessita de atmosfera seca com disponibilidade de água no solo; pode ser utilizada na recuperação de solos salinos.

Os frutos são consumidos ao natural, para fabricação de bebidas e para extração de ácido cítrico.

A parte comestível da semente, chamada testa, apresenta polpa esbranquiçada, translúcida e sucosa, chamada arilo.

Inicia a produção a partir do 4.º ou 5.º ano após estabelecimento.